Agenda para melhorar atendimento de pacientes com câncer no HBDF

IgesDF terá agenda de prioridades com a Frente Parlamentar da CLDF; deputado Eduardo Pedrosa visitou instalações e entidades de voluntários com representantes da SES, OAB, CRM e Defensoria

  Foto: Davidyson Damasceno.

A Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Câncer da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) vai construir uma agenda de prioridades com o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IgesDF) para melhorar o atendimento dos pacientes oncológicos no Hospital de Base (HBDF). O anúncio foi feito nesta quinta-feira (1º) pelo presidente da Frente Parlamentar, deputado Eduardo Pedrosa, após visita às instalações e às entidades de voluntários voltadas aos pacientes com câncer.

"A gente está elaborando um documento com os pontos prioritários que vamos ter de atacar para tentar ajudar a resolver o que está aí, buscando trazer, o mais rápido possível, o atendimento à população. O paciente oncológico precisa dessa agilidade, e a gente vai correr atrás disso", disse o deputado.

Durante a visita, Pedrosa ouviu relatos de gestores sobre a melhoria da internação no HBDF, a adaptação da área do ambulatório onde havia uma agência do Banco de Brasília para ampliar o atendimento de pacientes, a aquisição de equipamentos específicos e mudanças em portaria do Ministério da Saúde para o HBDF realizar mais exames de tipos de câncer.

Ampliação e equipamentos
As prioridades devem ser voltadas à melhoria dos investimentos e à ampliação de serviços em oncologia, na avaliação da direção do IgesDF. "Sabemos que a oncologia é hoje um grande desafio da saúde pública", destacou o presidente do IgesDF, Juracy Cavalcante Lacerda Júnior,

O presidente da Frente Parlamentar irá enviar um relatório ao IgesDF sobre o enfrentamento ao câncer no DF e haverá então uma reunião entre os parceiros para definir quais são os pontos prioritários.

Segundo o dirigente do IgesDF, dados divulgados pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca) apontam que há 700 mil casos de câncer por ano. "Então, é um tema que tem de ser muito debatido. Nós precisamos unir forças para buscar as melhores soluções e investimentos para tentar prover a melhor que a população merece", recomendou.

Pedrosa foi recepcionado também pelo superintendente do HBDF, Bruno Sarmento, e por dirigentes do IgesDF e do Hospital de Base. Ele destacou que há questões muito importantes sendo desenvolvidas pela unidade hospitalar, como o atendimento, tratamento e recuperação dos pacientes.

Voluntários e visitantes
Deputado Eduardo Pedrosa (de terno azul) visita o Hospital de Base com líderes de entidades classistas e representantes da SES que integram a Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Câncer

Pedrosa visitou quatro grupos de voluntários que atuam no HBDF, principalmente para prestar apoio aos doentes de câncer: Rede Feminina de Combate ao Câncer, Movimento de Apoio de Pacientes com Câncer (MAC), Serviço Auxiliar de Voluntário (SAV) e Associação dos Amigos do Hospital de Base.

O parlamentar elogiou o trabalho dos voluntários, muitos dos quais são pacientes de câncer e colaboradores ativos e aposentados da área de saúde, a exemplo de Vânia Chaves da Silva, 54 anos, que começou a trabalhar no SAV nesta quinta-feira (1º), depois de se aposentar como funcionária administrativa da Secretaria de Saúde.

Edilayne Martins

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postagem Anterior Próxima Postagem
Canaã Telecom

نموذج الاتصال